Gestão Empresarial

Como reduzir os custos do seguro empresarial?

Escrito por F&A Seguros

 O seguro empresarial precisa ser considerado uma espécie de reserva financeira, que visa a garantir a continuidade da organização em eventos previstos. Para que o negócio seja o mais duradouro possível, são necessárias aplicações de medidas de segurança e prevenção, contidas numa apólice de seguro, que é firmada entre segurado e seguradora.

O problema é que muitas empresas veem esse investimento como uma despesa de alto custo, já que todos os riscos e vulnerabilidades que precisam ser enfrentados durante a existência do negócio, muitas vezes, aumentam consideravelmente os custos dos seguros.

Entretanto, algumas medidas podem ajudar o gestor a conseguir taxas melhores e baratear a contratação desse serviço, fundamental para quem quer garantir a continuidade da sua organização.

O objetivo deste artigo é mostrar como é possível reduzir os custos com seguro empresarial. Confira!

Veja alguns exemplos de seguros empresariais

Transporte de cargas

Na área de transporte rodoviário de cargas, principal modal utilizado para realizar a logística de distribuição de tudo que é produzido no país, trabalha-se com dois tipos de seguros:

  • RCTR-C (Seguro de Responsabilidade Civil para Transporte de Cargas): é obrigatório e oferece proteção contra prejuízos causados nas cargas e sinistros, como colisão, capotamento, abalroamento, tombamento, incêndio ou explosão no veículo;
  • RCF-DC (Seguro de Responsabilidade Civil Facultativo – Desvio de Carga): é opcional e cobre roubos e furtos de cargas.

A contratação do seguro é determinada por especificidades da operação (tipo de carga, distância percorrida, localidade de carga e descarga etc.), e como nesse modal muitas empresas não fazem o gerenciamento de riscos, e as ocorrências de sinistros são constantes, as seguradoras impõem uma série de exigências na apólice, que precisam ser cumpridas para que a cobertura seja indenizada.

Proteção de patrimônio

Protegem contra prejuízos de ordem financeira, estrutural ou funcional. No Brasil, seguros dessa categoria, como aqueles contra incêndios, fumaça, explosão e acidentes de trabalho, são obrigatórios para que a empresa funcione regularmente e não sofra ocorrências de multas e interdições.

Existem ainda seguros opcionais, que oferecem uma segurança maior para o negócio e para as pessoas envolvidas no processo, como:

  • seguro contra roubos;
  • reembolso para despesas fixas emergenciais;
  • lucros cessantes, que garante o pagamento de algumas despesas fixas, e lucro líquido, no caso de incêndio, danos elétricos, tumultos e vendavais;
  • danos elétricos ocasionados por variação de tensão, curto circuito e ocorrência de raios;
  • proteção a painéis, anúncios e letreiros luminosos, vidros, registros e documentos;
  • impacto de veículos terrestres e aéreos;
  • perda ou pagamento de aluguel;
  • responsabilidade civil do empregador ou para a guarda de veículos de terceiros;
  • ocorrências de desmoronamento, vendaval, furacão, ciclone, tornado, granizo e até tumultos;
  • despesas com instalação em novo endereço, entre outros.

Responsabilidade civil

É imprescindível quando a empresa presta serviços, utiliza maquinário de terceiros ou é contratada para trabalhar em eventos esporádicos, e funciona com o ressarcimento de danos causados ao patrimônio.

Saúde, odontológico e de vida em grupo

Fator motivacional de equipes, os benefícios de saúde, odontológico e de vida são ofertados para garantir qualidade de vida e integridade física e psicológica aos colaboradores e aos serviços prestados por eles.

Confira algumas formas de economizar com seguro empresarial

Adote uma cultura voltada para o gerenciamento de riscos

Se uma empresa enfrenta alto registro de sinistros, roubos frequentes, ocorrências de intempéries no local do negócio e avarias constantes em cargas transportadas, por exemplo, a seguradora pode não aceitar fazer o seguro, ou ainda, exigir inúmeras cláusulas e cobrar taxas muito altas.

Para evitar a ocorrência de cobranças além das suas expectativas e reduzir o custo do seguro, a empresa precisa adotar algumas medidas, como um plano de gerenciamento de riscos, para ser mais bem avaliada pela seguradora.

Para o transporte de cargas, por exemplo, a empresa pode exigir dos motoristas paradas somente em locais seguros, com circuito interno de câmeras de segurança.

Dessa forma, a empresa tem seus possíveis riscos e ocorrências gerenciados e, consequentemente, consegue negociar com a seguradora taxas menores e condições de pagamento de indenizações facilitadas.

Realize ações preventivas antes de contratar o seguro

  • instale rastreadores nos veículos de carga;
  • invista em treinamentos dos colaboradores, para a correta execução de atividades e rotinas dentro da empresa;
  • promova cursos de direção defensiva para os motoristas da empresa;
  • incentive cuidados preventivos de saúde para seus profissionais (conscientize-os da importância do acompanhamento médico em caso de pressão alta ou de diabetes, por exemplo);
  • monitore as atividades exercidas no âmbito organizacional.

Mapeie suas necessidades

Elabore um documento que liste todas as necessidades, vulnerabilidades e riscos inerentes aos processos da empresa ao longo de um determinado período, de maior amplitude, de preferência.

Avalie também o comportamento dos envolvidos nas rotinas da empresa e realize um registro de ocorrências relacionadas a acidentes de trabalho, faltas ou afastamentos por doenças para realizar um diagnóstico preciso sobre os fatos que elevam a necessidade do benefício e, consequentemente, impactam o aumento do custo do seguro.

Realize uma pesquisa de mercado

Busque por todas as opções de mercado e variações possíveis de apólices, para que, após comparados os valores entre as seguradoras, você possa escolher aquela que apresenta condições ideais para suprir as necessidades, anteriormente verificadas, do seu negócio.

Escolha a corretora ideal

Contrate uma empresa especializada que encontre e ofereça as melhores opções para adequar o seguro ideal às necessidades da sua empresa e, assim, reduzir seus custos de contratação. Para escolher bem:

  • procure por uma corretora que tenha um grande volume de clientes, pois isso significa que tem maior conhecimento das necessidades de diversos ramos de negócios e tamanhos de empresas;
  • conheça o histórico de serviços da empresa contratada;
  • verifique se o corretor tem registro junto à SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), autarquia de administração pública que representa o setor;
  • reflita bem sobre o contrato, leia as entrelinhas e saiba exatamente o que está sendo acordado para que, posteriormente, você não pense ter direito a algo que, contratualmente, não foi preestabelecido;
  • confira a idoneidade da empresa e peça referências a outros clientes.

Faça um planejamento eficaz de manutenção das condições acordadas

Antecipe-se, por meio de um planejamento, às possíveis dificuldades, avaliando os riscos preventivamente e reduzindo ocorrências que podem acarretar o aumento de custos do seguro. Confira como:

  • estimule o uso racional do plano de saúde contratado para que o número excessivo de consultas, exames ou terapias não configure sinistralidade em demasia e eleve os custos do plano;
  • iniba procedimentos fraudulentos cometidos por parte dos usuários para não configurar o uso excessivo e desnecessário do seguro;
  • não deixe que o seguro se renove automaticamente e entre em contato com a seguradora sempre que a apólice estiver próxima do final de cobertura para negociar condições mais favoráveis e preços mais vantajosos;
  • mantenha um relacionamento aberto e de confiança com a empresa contratada.

Com essas medidas, a empresa conseguirá manter os custos programados, dentro da margem preestabelecida, e oferecer um benefício que atenda às necessidades de todos os envolvidos.

O seguro empresarial oferece mais segurança no desempenho do seu negócio. Busque maior conhecimento sobre a gestão de seguros, conscientize os envolvidos pela gestão de riscos e garanta parcerias vantajosas.

A F&A Corretora de Seguros identifica e analisa os riscos físicos, financeiros e contratuais aos quais os clientes estão expostos com soluções de proteção que mais se adequem às suas necessidades. Conheça agora nossos produtos!

Sobre o autor

F&A Seguros

Deixar comentário.