Gestão Empresarial

Descubra por que você deve investir em benefícios para funcionários

Escrito por F&A Seguros

Muitas empresas ainda desconhecem os benefícios de se investir em treinamentos e benefícios para funcionários. Elas geralmente enxergam os incentivos como um gasto a mais e acabam oferecendo apenas aqueles que são obrigatórios por lei.

No post de hoje, você descobrirá por que os incentivos profissionais são investimento (também para a empresa) e quais são os modelos mais praticados no mercado. Confira!

Os benefícios são uma ótima maneira de atrair e reter bons funcionários

Para uma empresa, tão importante quanto cuidar do patrimônio é investir nos colaboradores. Além de conseguir atrair bons profissionais, os benefícios servem como uma motivação para que os colaboradores “vistam a camisa da empresa” e almejem uma carreira profissional na corporação.

Em outras palavras, funcionários motivados acreditam na vantagem de se dedicar para alcançar cargos cada vez maiores, colaborando cada vez mais com o crescimento da empresa.

Investir na qualificação dos colaboradores ajuda no crescimento da empresa

Ser referência no mercado é o sonho de qualquer empresa, mas poucas investem em capacitação profissional para alcançar esse objetivo. Basta olhar ao seu redor e você verá que as empresas mais inovadoras do mercado (Google, Facebook, Apple, etc.) apostam pesado na qualificação de seus profissionais, e isso não é mera coincidência.

Algumas pessoas precisam apenas de um empurrãozinho para despontarem em sua carreira profissional e a qualificação obtida, com certeza, trará muitas vantagens competitivas à sua empresa em relação aos concorrentes. 

Tipos de benefícios 

Para que uma corporação cresça, é preciso que os colaboradores cresçam também. Independente do tamanho da empresa, com certeza há alguns incentivos profissionais que se encaixam no orçamento e que com certeza podem fazer a diferença. Os tipos mais adotados pelas empresas são:

  • Vale alimentação. Não é obrigatório para empresas com menos de 300 funcionários, mas oferecer esse benefício, além do vale-refeição, é uma ótima forma de fidelizar colaboradores;
  • Auxílio-creche. É essencial para mulheres que possuem filhos, mas não têm com quem deixar. Também é uma ótima forma de mostrar que a empresa se preocupa com a família do colaborador;
  • Bolsas de estudo. Podem ser integrais ou parciais e costumam ser oferecidas a estagiários e jovens aprendizes. Com elas, é possível guiar os colaboradores mais novos para uma carreira profissional de sucesso dentro da própria empresa.

Alguns benefícios são obrigatórios por lei, mas existem muitos outros que funcionam como programas de incentivo. Alguns oferecem descontos em academias e clubes, outros são oferecidos em períodos sazonais, como jantares no dia dos namorados e ingressos para parques temáticos no dia das crianças.

Os incentivos ajudam a eliminar o estresse negativo

Existem dois tipos de estresse: o positivo é aquele que aumenta o desempenho de um funcionário, criando doses saudáveis de adrenalina e motivação, e o negativo causa depressão, cansaço, insatisfação e até afastamento por conta de doenças.

Empresas perdem muito dinheiro todo ano por causa da saúde de seus colaboradores. Seja por afastamento, demissões ou até improdutividade, o fato é que não cuidar do bem-estar das pessoas durante o horário de trabalho, pode custar muito mais caro do que aplicar planos de benefícios para funcionários.

Seja oferecendo descontos em cinemas, planos especiais em redes de academias ou investindo em um curso de idiomas, cuidar do funcionário é cuidar da própria empresa. Colaboradores satisfeitos dificilmente irão para o concorrente apenas por questões salariais: pense nisso!

Agora que você já sabe da importância dos benefícios opcionais para funcionários, que tal conhecer os benefícios que são obrigatórios por lei? Boa leitura!

Sobre o autor

F&A Seguros

Deixar comentário.